Objetivo é qualificar educadores ambientais para que possam atuar na implantação de projetos ligados à causa em Suzano

A Secretaria do Meio Ambiente de Suzano vai promover a partir de junho, em parceria com o Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema) e a 55ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), um curso de formação de educadores ambientais em bem-estar animal. A iniciativa, pioneira na região, tem como meta capacitar uma rede de multiplicadores para facilitar a elaboração e a implantação de projetos sobre o tema. As inscrições começam nesta quinta-feira (30/05) com 50 vagas destinadas a protetores e cuidadores, membros de organizações não-governamentais (ONGs) e simpatizantes da causa.

O curso será dividido em quatro módulos, sendo três deles básicos: saúde e bem-estar animal, legislação aplicada ao tema e o papel do educador ambiental. O último é voltado à elaboração de projetos, que serão apresentados em forma de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs). As aulas ocorrerão uma vez por semana, sempre no período noturno. Em breve, as datas e os horários serão informados. A aula inaugural, com palestra do professor Jefferson Leite, está prevista para ocorrer em 5 de junho (quarta-feira), quando se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, às 18 horas, no Cineteatro Wilma Bentivegna (Rua Paraná, 70 – Centro).

O curso será realizado na sede do Serviço de Ação Social e Projetos Especiais (Saspe) e também no campus da Faculdade Piaget. Para participar, é preciso se inscrever por meio do telefone (11) 4745-2265 ou pelo e-mail smma@suzano.sp.gov.br, fornecendo nome, endereço, grau de escolaridade e identificação como cuidador ou protetor de animais.

De acordo com a diretora de Meio Ambiente, Solange Wuo, trata-se de um tema novo na gestão pública, que surgiu por aclamação da sociedade e a formação será um importante instrumento para a construção coletiva de políticas públicas. A Câmara Técnica de Bem-Estar Animal do Condema tem como função unir os atores envolvidos, organizar o debate e extrair conteúdo para a elaboração do Estatuto do Bem-Estar Animal de Suzano.

Após a formação dos primeiros 50 educadores, a ideia é avançar no combate aos maus-tratos, com a implantação dos projetos Cão Comunitário, Apadrinhamento e Lar Temporário. O curso será uma ação continuada e a expectativa é de que novas edições sejam realizadas conforme o engajamento do grupo e da sociedade.

Dia do Meio Ambiente

Além da aula inaugural, o dia 5 de junho também será marcado por outras ações da Secretaria de Meio Ambiente de Suzano, como a campanha de sensibilização pela participação dos servidores públicos na Consulta Pública de Percepção Ambiental, eixo fundamental do Plano Municipal de Recuperação e Conservação da Mata Atlântica (PMMA). O documento é elaborado em parceria com a ONU Meio Ambiente, que dará acesso direto a recursos do Fundo Nacional de Restauração. Outra ação da pasta será o lançamento da Agenda Ambiental da Administração Pública (A³P), com a implantação de coleta seletiva em todos os setores da Prefeitura de Suzano.

Créditos das fotos: Mauricio Sordilli/Secop Suzano e Divulgação/Secop Suzano

Deixe uma resposta