Ilha Comprida – Com as propostas de promover eventos de diferentes temas durante o ano inteiro, contribuir para a geração de novas possibilidades profissionais, gerar renda, incentivar novos negócios e economizar com a infraestrutura, o Centro de Eventos de Ilha Comprida será construído na Av. Candapuí – atrás do Espaço Cultural Plínio Marcos. Em processo de Licitação, a expectativa é que a obra seja iniciada no segundo semestre desse ano, com prazo de 360 dias para conclusão.
Otimista com a conquista para a cidade, o prefeito Geraldino Júnior afirma que o Centro de Eventos representa a consolidação do Turismo de Eventos, forte vocação do município. “O Turismo de eventos se destaca como uma das mais importantes ramificações do turismo com amplas possibilidades como feiras, exposições, simpósios , congressos, shows, encontros náuticos e diversos tipos de eventos. Trata-se de um equipamento multiuso para atender diferentes expectativas”, afirmou. “Também representa o fortalecimento do turismo em todas as estações do ano e a geração de empregos e renda na cidade”, acrescenta.
Segundo o prefeito, a área anexa ao Espaço Cultural foi escolhida pelo fácil acesso, pela área para estacionamento e pela infraestrutura turística do Parque Candapuí e do Terminal Rodoviário – com todos os seus equipamentos turísticos. O projeto foi avaliado e aprovado pelo Conselho Municipal de Turismo (COMTUR).
Dividido em dois blocos- o Salão Nobre – Gourmet ( com 448 metros quadrados) e o salão Ouro – Eventos ( com 1.600 metros quadrados ) com capacidade para cerca de duas mil pessoas – o Centro de Eventos terá área construída de 2.048 metros quadrados e estará interligado por deck de madeira ao Espaço Cultural Plínio Marcos. Avaliado em cerca de R$ 4 milhões, a obra contará com recursos do Departamento de Apoio às Estâncias –DADE 2017 e contrapartida do município.

Deixe uma resposta