O vereador Diego de Amorim Martins (MDB), o Diegão, entregará amanhã (03/07) nas mãos do prefeito Marcus Melo uma pesquisa postada no Facebook do parlamentar, que foi aberta a todas as pessoas, com vários questionamentos sobre a qualidade do asfalto no município. Diegão falou na sessão ordinária de hoje (02/07) sobre o levantamento, feito no período de pouco mais de uma semana, no final do mês passado (entre 18 a 27 de junho), que teve a participação de 286 pessoas de 75 bairros de Mogi das Cruzes, que abrangem desde a área central até a periferia e a zona rural. “A melhor forma de ficar sabendo sobre as condições do asfalto é, além de ir para as ruas, como faço constantemente, perguntar para a população, conforme fiz nessa pesquisa aberta a qualquer munícipe, se há muitos problemas com buracos na cidade e fiquei satisfeito com a participação da população e os resultados do levantamento”, avaliou Diegão. 

O objetivo da pesquisa, disse o vereador, é apontar necessidades e buscar soluções rápidas para o problema, em conjunto com a Prefeitura.  

De todas as pessoas que responderam à pesquisa, 49,3% responderam achar “péssimo” o asfalto de Mogi; 35,7% consideraram “ruim”; 12,2% “razoável”; 2,1% “bom” e 0,7% “ótimo”. 

Ainda na pesquisa, 67,5% afirmaram já ter tropeçado e caído na rua, por causa de buracos ou elevações no asfalto, enquanto 32,5% não. Das pessoas que responderam ao questionário, 89,9% disseram dirigir, enquanto outras 10,1% não, sendo que 73,1% são motoristas profissionais e 26,9% motoristas comuns. A pesquisa aponta ainda que 85,3% dirigem automóvel de passeio, 7,3% transportes por aplicativos, 3,5% caminhões, 0,3% micro-ônibus, 2,1% ônibus, 1% vans e 0,3% táxis. 

Por fim, o levantamento revela que 75,9% já tiveram algum problema de coluna ou saúde por dirigirem em asfalto ruim ou com buracos, além dos diversos problemas com pneus furados e quebras de peças dos veículos (30,1% dizem que esse tipo de transtorno ocorre sempre) e 53,8% às vezes (9,8% nunca e 6,3% raramente). ” São problemas de suspensão e outras peças e até mesmo de colisão do veículo, por desviarem de algum buraco. Fora as pessoas que já tiveram problemas de saúde decorrentes da qualidade do asfalto, principalmente os motoristas profissionais, como dores na coluna, no joelho, lombar ou musculares. Amanhã (03/07) tenho uma reunião com o prefeito Marcus Melo e vou levar nas mãos dele essa enquete, para que ele tome alguma providência e faça algo pelo asfalto da cidade”, concluiu Diegão. 

1 COMENTÁRIO

  1. […] O grupo é formado pelo secretário de Gabinete da Prefeitura, Romildo Campello, o presidente da Câmara Municipal, Sadao Sakai, a secretária municipal de Assistência Social, Neusa Marialva, a diretora responsável pelo Emprega Mogi, Gláucia Coutinho, e os representantes do Gabinete Alexandre Orsi de Melo, e do Fundo Social, Ralph Santos Naure. As reuniões começaram na última quinta-feira. (Luiz Maritan) […]

Deixe uma resposta